[Slider]

Cartonagem - Materiais Mínimos

    Hoje vou falar um pouco sobre alguns dos materiais mais usados na cartonagem. Não vou falar de todos, o foco nesse momento serão aqueles materiais que são indispensáveis para o início dessa técnica, o mínimo do mínimo para quem quer começar hoje mesmo. (Se quiser conhecer os materiais básicos e complementares da cartonagem clique aqui).
    
    Essa postagem de hoje é principalmente importante para quem está iniciando nessa técnica, mas você que já trabalha com cartonagem há bastante tempo pode me ajudar avaliando o conteúdo para que eu possa melhorar cada vez mais essas informações. Não estou aqui para ser dona da verdade, estou dando apenas minha singela opinião, palavras de quem começou do nada e não tinha dinheiro para comprar materiais caros. Só espero que vocês gostem e ficarei muito grata se deixarem seus comentários no final da página para ajudar no crescimento do blog.

    Então vamos começar, imaginando que você quer iniciar hoje a criar qualquer peça em cartonagem porque viu em um curso, um vídeo, um passo a passo, ou mesmo uma foto e ficou toda(o) empolgada(o). Mas você não possui o material e tem apenas uma papelaria pequena perto da sua casa, e deve está se perguntando: “O que preciso comprar? Conseguirei fazer alguma coisa com simples materiais”.
    A resposta é sim, você conseguirá se estiver disposta(o) a se esforçar. Se realmente quer começar imediatamente vai precisar de:

Papel paraná/papelão/papel cartão
   É sempre muito recomendado o papel Holler (papelão cinza), mas pensando em uma papelaria pequena é raro encontrar esse tipo de papelão, então aqui estou dando algumas opções fáceis de encontrar e que dão bastante certo na cartonagem.
   O Papel paraná seria o ideal para substituir o Holler, mas se não encontrar em lugar nenhum e mesmo assim ainda quiser iniciar a técnica utilize algum outro papelão, até mesmo os de caixas simples podem ser usados (lembrando que não é o ideal), nesse caso dê preferência aos mais finos, como caixas de sapatos.
   O papel cartão ou duplex é bastante utilizado para alguns acabamentos e detalhes na peça, então é sempre bom tê-los.

Cola branca
   A cola é indispensável na cartonagem, mas cola branca mesmo, não queira usar outro tipo de cola, e procure uma que não seja muito líquida, pois poderia manchar o tecido facilmente. 
   Eu normalmente prefiro usar a da Cascorez mas existem várias marcas boas.

Tesoura/Estilete
   Você precisará de tesoura para cortar os papéis, papelões e/ou tecidos, então ela também é indispensável. Seria bom ter uma só para papéis e outra só para tecidos se for possível. As maiores são mais resistentes normalmente, mas pequenas também servem.
   O estilete é algo que facilita muito para cortar os papelões, ajuda a deixar os cortes mais retos e precisos, então se puder comprar seria bom, mas a falta de um não te impedirá em começar essa técnica se você tiver uma boa tesoura, ainda mais se estiver utilizando apenas o papel paraná, é possível cortá-lo com tesoura, mas se for o Holler será um pouco mais difícil.

Tecido/Papel
   Hoje em dia vemos a cartonagem ser muito associada a utilização do tecido, mas o papel também é uma opção nessa técnica.
   Se for utilizar tecido dê preferência aos 100% algodão, são os mais indicados, mas lembrando novamente que você tem apenas uma papelaria pequena por perto talvez não encontre tecidos por lá, mas ainda terá duas opções, utilizar algum tecido que tenha perdido pela casa, algum retalho antigo ou utilizar papel.
   Existem papéis de vários tipos que podem ser utilizados: papel de scrapbook, papel de presente, sulfite colorida e você pode até mesmo imprimir alguma imagem e encapar seu papelão com esse papel (lembrando mais uma vez que não é o indicado, estou apenas te dando opções alternativas para começar a se divertir).

Régua
   O ideal na cartonagem é utilizar uma régua de metal, principalmente por causa do uso do estilete, ela é mais resistente, as outras são fáceis de cortar caso o estilete escape, o que acontece bastante. Mas é possível utilizar outros tipos, com cuidado.
  A régua é outro material praticamente indispensável, mas por que "praticamente"? Porque se você não tiver uma régua mas quer muito treinar essa técnica então é só cortar as peças sem medir, apenas com o seu instinto você pode conseguir, talvez não fique algo tão torto (uma técnica dos "tempos das cavernas", mas é possível para treinar).   

Lápis
   Algo que não precisaria nem citar, mas vou falar mesmo assim, você precisará de um lápis ou qualquer outra coisa para escrever, para marcar as medidas para cortar certinho (se for utilizar nossa técnica dos tempos das cavernas, ou seja, não utilizar régua, então talvez nem precise de um lápis).


   E é só isso!
   Muitas pessoas vão dizer "estão faltando vários materiais ai", "onde está a fita crepe, o fio de cabelo, a espátula, etc?" e eu digo "calma pessoal", como disse no início esses são apenas materiais para alguém que está com muita vontade de começar agora mas não tem como comprar mais materiais.
  Se quiser saber quais são os materiais básicos e complementares da cartonagem, importantes para seguir com um trabalho mais sério nessa área clique aqui.


Cartonagem - Materiais Mínimos Cartonagem - Materiais Mínimos Reviewed by Iara Tedeschi on 11:44 Rating: 5

Nenhum comentário